Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As nossas viagens. Ex-Militares da Companhia 3485 e Amigos.

QUEM GOSTA VEM… QUEM AMA FICA.

As nossas viagens. Ex-Militares da Companhia 3485 e Amigos.

QUEM GOSTA VEM… QUEM AMA FICA.

Bulgária - Plovdiv, Mosteiro de Rila e Avós Cantoras de Dobarsko - Abril 2019

Plovdiv1.jpg

A visita a Plovdiv, a segunda maior cidade da Bulgária, é imperdível pela fusão de cronologias, culturas, monumentos, ruas de pedra e um centro com casas históricas criativas cheias de detalhes.

Plovdiv10.jpg

Plovdiv11.jpg

Plovdiv12.jpg

Plovdiv13.jpg

Plovdiv14.jpg

Plovdiv15.jpg

Plovdiv16.jpg

Era a principal cidade do império romano chamado Philippopolis, nome antigo da cidade de Plovdiv. Tal como Lisboa, também é conhecida pelas suas 7 colinas.

No centro histórico visitámos o Teatro Romano, com capacidade para mais de 5.000 pessoas, um dos mais antigos e mais bem preservado de todo o mundo.

Dos monumentos romanos ainda se podem ver o estádio, o anfiteatro, e o fórum.

Plovdiv20.jpg

Plovdiv21.jpg

Plovdiv22.jpg

Plovdiv23.jpg

No alto da colina, Nebet Tepe (Colina Vigia), um lugar com as ruinas de uma antiga cidade dos trácios, duas portas medievais do século II d.C. e as pedras das muralhas romanas, é, hoje, um excelente miradouro para observar a cidade moderna e a mesquita.

Plovdiv30.jpg

Depois do almoço, a 117 kms de sofia e a uma altitude de 1147 m nas montanhas de Rila, tínhamos uma visita imperdível ao mais famoso e importante mosteiro da igreja ortodoxa búlgara.

O Mosteiro de Rila, património da Humanidade pela UNESCO, enquadra-se num pano de fundo montanhoso com neve, que dá a toda aquela atmosfera um tom mágico a uma obra humana impressionante. Conta com 300 salas, celas habitadas por monges e outras instalações monásticas. A Torre de Hrelyo, é a única estrutura da construção do século XIV que sobreviveu a invasões e a um grande fogo. Impressiona a desarmonia das fachadas que rodeiam o grande pátio entre arcos, abóbadas e balcões em madeira. Na Igreja da Natividade há cerca de 1200 frescos entre 36 cenas bíblicas.

Devido à Páscoa Ortodoxa os museus estavam fechados, pelo que não foi possível ver a Cruz de Rafael.

Rila10.jpg

Rila11.jpg

Rila12.jpg

Rila13.jpg

Rila14.jpg

Rila15.jpg

Rila16.jpg

Rila17.jpg

Rila18.jpg

No caminho parámos na aldeia de Dobarsko, no sopé da montanha de Rila a 1070 m com cerca de 200 casas, para uma prova de uma bebida espirituosa local, a banitsa, e para contatarmos com o folclore das avós cantoras.

A ruralidade primitiva das avós, a vista deslumbrante de horizontes infinitos e o ar de cristal justificaram esta paragem.

Dobarsko1.jpg

Dobarsko10.jpg

Dobarsko11.jpg

Dobarsko12.jpg

Carlos Alberto Santos

www.cc3485.pt

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub