Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As nossas viagens. Ex-Militares da Companhia 3485 e Amigos.

QUEM GOSTA VEM… QUEM AMA FICA.

As nossas viagens. Ex-Militares da Companhia 3485 e Amigos.

QUEM GOSTA VEM… QUEM AMA FICA.

Roménia, Bran, Castelo de Drácula e Sighisoara - Abril 2019

Bran10.jpg

Devido à afluência de turistas à localidade de Bran, saímos cedo da cidade de Brasov, a coroa da Transilvânia.

O Castelo de Bran, conhecido pelo Castelo de Drácula, é um monumento nacional e a principal atração turística da Roménia. Foi construído no topo de uma elevação rochosa, rodeado de vegetação, muito compacto e com algumas pequenas janelas, que, no conjunto, tentavam dificultar a entrada de estranhos ou a fuga de prisioneiros, tal como se descreve, desde 1877 na obra de Bram Stocker, o Conde de Drácula e que conduziu à persistência do mito de que este castelo terá sido a residência do Príncipe Vlad Dracul.

Meio século depois, de eu ter lido os contos inspirados vagamente na figura de Vlad Dracul, príncipe da Valáquia, e numa ilustração do castelo, deslumbrei-me com a realidade do interior da construção, das várias salas pouco espaçosas, mas bastante acolhedoras e recatadas de olhares, as passagens secretas, as escadas apertadas que se cruzam com outras em labirinto e que nos levam a alguma desorientação no interior.

Por certo haveria muito mais a visitar, mas o que vimos foi suficientemente convidativo, misterioso e místico para explicar como o Conde de Drácula, o vampiro, era tão rápido a mover-se entre divisões distantes. Apesar do exterior do castelo ser único, quase assombrado e a melhor parte para muitos, eu achei o seu interior imperdível. O facto de a verdadeira história do castelo estar ligada a uma mulher, a Rainha Maria, dá-lhe todo aquele brilho. Era a sua residência cheia de bom gosto interior e não só em mobiliário, tapeçarias e, até roupas.

Bran11.jpg

Bran12.jpg

Bran13.jpg

Bran14.jpg

Bran15.jpg

Bran16.jpg

Bran17.jpg

Bran18.jpg

Bran19.jpg

Pelo que li na obra, a personagem de Drácula não era comparável com Vlad, um herói nacional para os romenos. Enquanto o primeiro matava as suas vítimas ocasionalmente, Vlad, na vida real, dizimava cidades inteiras entre torturas e execuções nas mais diversas formas de crueldade, que chegou ao ponto de beber o sangue dos inimigos.

Não gostei: - Da forma descontrolada da entrada, que rapidamente enche tudo o que são espaços e limita a comunhão com a beleza deste espaço, único.

 

Depois de um razoável almoço na Taberna Lupilor seguimos viagem para cidade fortificada de Sighisoara, Património Mundial da UNESCO e uma das mais belas cidades medievais da Europa. Casas históricas coloridas, igrejas antigas, ruas de paralelepípedos e a torre do relógio.

Sighisoara10.jpg

Sighisoara11.jpg

Sighisoara12.jpg

Sighisoara13.jpg

Sighisoara14.jpg

Sighisoara15.jpg

Sighisoara16.jpg

Sighisoara17.jpg

Dizem que Vlad Dracul III terá nascido nesta cidade, em 1431, onde viveu até aos quatro anos de idade numa casa situada no centro histórico, hoje um restaurante, onde jantámos. É um local muito concorrido devido às lendas que existem à volta desta figura histórica. No entanto, a qualidade da comida, o atendimento e arejamento da sala não são proporcionais à popularidade. Se puderem escolham outro restaurante.

 

Carlos Alberto Santos

www.cc3485.pt

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub